7 Dicas Para Aumentar O Tráfego Das Suas Redes Sociais E Do Seu Site

As redes sociais se tornaram parte essencial das nossas vidas, o que faz delas uma das mais poderosas ferramentas de marketing para os negócios de todos os tamanhos e nichos.

Através das redes sociais, podemos fazer sucesso com a criação de conteúdo e começar a buscar interessados em nosso negócio lentamente. 

Quanto melhor for o nosso relacionamento com o público e mais interessante for nosso conteúdo, mais tráfego geramos em nossos perfis de redes sociais, e consequentemente mais acessos ganhamos em nosso site.

Portanto, podemos dizer que as redes sociais têm um papel crucial para as campanhas de marketing digital. Logo, você deve aprender tudo sobre elas para crescer seu negócio também.

Vamos ao conteúdo!? Iremos aprender a aumentar o tráfego das redes e as 7 melhores estratégias para aumentar o tráfego do seu site através dos resultados de social media.

 

Quais as redes sociais mais populares do mundo?

Pesquisa principais redes sociais para gerar tráfego para o site

A rede Statista, uma das maiores fontes de estatísticas do mundo digital, realizou uma pesquisa em Janeiro de 2022 para levantar quais as Mídias Sociais com o maior número de usuários.

O resultado, você viu ali em cima: Facebook e YouTube ainda dominam o mercado, mas Whatsapp e Instagram estão encostando na briga.

Você deve ter reparado que o termo utilizado foi “mídias sociais” ao invés de redes sociais. Essa diferenciação existe, pois as redes sociais são canais comunicativos, onde o usuário cria um perfil para poder se comunicar, em privado, em tempo real com amigos/seguidores, além de ter contato com múltiplas marcas e influencers e seu conteúdo.

Já as mídias sociais, são quaisquer plataformas digitais onde o nome de uma empresa esteja exposto e um cliente qualquer pode deixar um comentário ou interagir com a marca ou seu conteúdo, mas não necessariamente em tempo real. 

O YouTube é uma mídia social, mas não uma rede social, pois oferece conteúdo, mas não oferece uma maneira prática para o usuário se comunicar com o criador de conteúdo.

Já o Whatsapp, também é uma mídia social, mas não uma rede social. Isso porque ele permite comunicação, mas sua interface não é voltada para o compartilhamento de conteúdo entre usuários.

Resumindo: as redes sociais devem servir tanto para comunicar diretamente, com praticidade, e compartilhar conteúdo. Já as mídias sociais são plataformas mais genéricas.

 

Quais as redes sociais mais importantes para uma empresa?

Certo: Facebook e YouTube são gigantes, mas será que essas duas são as principais? 

A verdade é que o número de usuários não é uma métrica extremamente decisiva para o empreendedor. Claro, um grande número de usuários significa um forte potencial de alcance. Isso não tem como negar.

No entanto, outros 2 fatores são cruciais, como:

  • Intenção de uso dos usuários.
  • Custo para gerar conteúdo.

 

Intenção de uso

O YouTube começou como uma rede de vídeos voltados para o humor e entretenimento, principalmente. 

Memes lendários como “o atropelamento” (vídeo não mais disponível), hipopótamos do awimawe e os meninos do Crazy Frog marcaram a internet nos anos 2000.

No entanto, o que os canais desses vídeos ganharam? Literalmente nada!

O formato da plataforma não era otimizado para o comércio e os usuários mais ativos eram adolescentes, pré-adolescentes e jovens adultos, que usavam o computador para descontrair e passar o tempo.

Em um clima parecido, surgiu o Tik Tok: mesmo com toda a tecnologia e banco de dados que temos, demorou algum tempo para se falar em empresas criando perfis profissionais no TikTok.

Por isso, mais do que o número de usuários, temos que estar atentos ao motivo do uso das redes. Nesse sentido, o Instagram é provavelmente a melhor rede social para qualquer negócio, pois os usuários têm um perfil consumidor, buscam se relacionar com influencer, tem forte contato com conteúdos promovidos por anúncios e a maioria dos usuários também usa a rede social para consultar informação sobre diversos assuntos.

E você sabe: se tem gente com perfil consumidor querendo aprender algo sobre o seu nicho, você deve estar lá!

O Facebook, apesar da imensa quantidade de usuários, não têm a mesma capacidade de conectar uma marca com o seguidor, e por isso converte muito menos usuários em clientes.

O YouTube é provavelmente a mídia social com maior possibilidade de vendas. No entanto, é muito caro.

 

Custo para gerar conteúdo

Os principais tipos de conteúdo são vídeos, artigos e imagens para posts de social media. Se pararmos para pensar, qual deles é o mais simples de criar?

Artigos requerem alto conhecimento sobre o assunto, ótimas noções de escrita (como ortografia e gramática, mas também otimização de escrita para a internet) e bastante prática em plataformas de gerenciamento de sites.

Vídeos requerem bons equipamentos (fone, ring light, câmera, microfone, computador forte, entre outros), conhecimento sobre edição de vídeo e muita, mas muiiiiiiita prática.

Imagens requerem… O Canva?

Não, brincadeira. O Canva serve sim para criar posts rapidamente, sem a necessidade do uso de programas avançados como Photoshop e Illustrator. No entanto, sem noções de Design e prática você não conseguirá criar nada realmente satisfatório.

Além do mais, se quiser criar um conteúdo realmente prazeroso de interagir e autêntico, você precisa de conhecimentos avançados.

De qualquer forma, analisando agora os requisitos dos 3, você concorda que conteúdo por imagem é o menos trabalhoso entre os 3?

Mesmo sendo o formato menos trabalhoso, as imagens são altamente valiosas, pois elas falam mais do que mil palavras quando bem criadas. Devido ao fato do usuário poder conceber muito conteúdo através de poucos tópicos, é possível criar muito conteúdo com poucas imagens, e obviamente isso se torna algo popular.

Por isso, devido a alta complexidade dos vídeos e a grande adesão dos usuários às imagens, os artigos se tornam o meio mais barato de criar conteúdo, seguido pelas imagens e por fim os vídeos.

Por essa razão, mesmo sendo o top #2 das mídias mais usadas, o YouTube não é o mais indicado para as empresas, principalmente para aquelas que estão começando agora e tem um caixa pequeno.

Quais as redes sociais mais importantes para um freelancer?

Um freelancer precisa demonstrar sua credibilidade em seus perfis de redes sociais, então, para ele, as redes com mais usuários são as mais importantes, pois mais e mais pessoas podem entrar em contato com sua imagem. 

Não necessariamente para contratá-lo, mas sim para julgá-lo. Por isso, lembre-se de manter um bom comportamento nas grandes redes sociais, estratégico para sua área, e evite polêmicas.

Agora, para divulgar seus projetos, as dicas das empresas se aplicam da mesma forma: quanto mais o público está interessado em consumir e em aprender, e quanto menos caro atender essas demandas custam, melhor.

Sendo assim, Instagram é a melhor pedida, sem dúvidas.

Outras mídias sociais podem agregar muito em sua reputação, como o LinkedIn, o Twitter e o Behance.

Como fazer sucesso no Instagram?

Já que o Instagram é a rede mais importante, tanto para empresas novas quanto para freelancers, nada mais justo do que falarmos especificamente sobre ele.

O primeiro passo é entender tudo sobre o algoritmo do Instagram. Ele é muito mais exigente do que os algoritmos das outras redes populares, e se seu perfil não gerar engajamento e tiver constância nas postagens, você dificilmente será exibido por aí.

Além disso, o uso de diferentes formatos de conteúdo é crucial. Apesar das imagens serem sim o tipo de conteúdo favorito devido ao baixo custo e alta adesão, os vídeos como Stories e Reels são indispensáveis para crescer um perfil.

Por fim, seus seguidores irão se interessar sobre seu conteúdo conforme for fazendo sucesso e vão querer conhecer seu trabalho mais a fundo. Portanto, use um canal no YouTube ou um blog para criar conteúdo mais aprofundado e leve seu público da rede para outras plataformas, que possam gerar a conversão de seguidores para clientes.

 

Vale a pena usar o TikTok?

Depende do nicho, das suas habilidades como criador de conteúdo em vídeo e do seu aporte financeiro. O TikTok tem um potencial de viralização muito maior do que o YouTube e consegue gerar até mesmo mais interações entre o usuário e o vídeo.

No entanto, o poder de conversão costuma ser mais baixo. O Tik Tok serve muito mais para crescer drasticamente uma marca que já tem algum renome do que elevar um nome do zero ao 100 em um ano. 

 

Vale a pena usar o Telegram?

Bom, ele definitivamente tem mais funções que o Whatsapp! No entanto, o Whatsapp ainda é o favorito dos brasileiros. Portanto, para dizer o que é melhor para sua marca, ou não, você precisa descobrir o que seus clientes usam!

Mas é inegável que a adesão ao Telegram só aumenta. Vamos entender o que está fazendo o Telegram ser tão popular?

  • Maior privacidade: seu perfil não fica necessariamente conectado ao seu número de celular. Ou melhor: as pessoas que entrarem para sua lista de contatos não irão ver seu número, a não ser que você permita.
  • Maior segurança: seu Telegram tem senha!
  • Você pode editar suas mensagens enviadas para corrigir erros de digitação, ou apagar permanentemente aquelas gafes, mesmo depois de já terem sido visualizadas.
  • Você pode configurar se um novo integrante de um grupo pode ter acesso às mensagens anteriores dele. 
  • Dá para criar enquetes!
  • Sistema completamente na nuvem: nada de backup de conversas e imagens!
  • Você pode se comunicar por “chats secretos”: são mensagens privadas que irão sumir do seu histórico depois de alguns segundos, mesmo que você continue conversando. São mensagens sem histórico, basicamente.
  • Super Grupos: com o Telegram, você consegue ter até 200.000 pessoas em um mesmo grupo! 
  • Você pode criar um canal para sua marca: crie tópicos de vendas, guias e regras de uso para seus clientes e eles poderão acessar seus produtos e conteúdo mais facilmente.

Então, sim! Vale muito a pena usar o Telegram.

 

Vale a pena criar um canal de YouTube?

Assim como o TikTok, criar conteúdo para o YouTube sai caro e exige muito de você. No entanto, se essa possibilidade é real e você conta com um produtor de vídeos que conhece seu negócio, de confiança, para trabalhar com você, vale muito a pena!

O YouTube pode ser utilizado tanto para entretenimento quanto para criar conteúdo. No entanto, é esperado que você decida seu nicho logo no início. 

Por exemplo: imagina só você estar falando sobre seus produtos diariamente e do nada lança um vídeo fazendo piada com vários assuntos diferentes. Pode soar estranho para sua audiência, certo?

Esse é um exemplo extremo, mas pequenas alterações na sua abordagem de vídeo já afetaram a capacidade de retenção de público do seu canal. Por isso, tente manter uma linha de criação de conteúdo em todos os vídeos.

Se conseguir se adaptar a alta exigência do público, mesmo que seu negócio esteja no 0, dá para fazer muito sucesso no YouTube sim!

 

Como usar as redes sociais para gerar tráfego no meu site?

Analisamos quais as melhores redes sociais para o seu negócio e vimos várias dicas de criação de conteúdo e maneiras de se portar para gerar um melhor relacionamento com seu público. 

Com essas dicas em mente, você já consegue começar a gerar conteúdo para as principais redes sociais para seu projeto.

No entanto, você sabe o que fazer com o tráfego gerado pelas redes sociais?

Não? Não exatamente? 

Então leia a seguir.

 

Para que serve o tráfego das redes sociais?

Quando se falava em negócios físicos, uma das etapas mais importantes para as vendas era a de captação de clientes. Por isso, muitas marcas investiam pesadamente em telemarketing, outdoors, propagandas de televisão e rádio, etc.

No entanto, essas propagandas eram feitas de forma intrusiva e incômoda para os clientes: do nada você recebia ofertas forçadas, de produtos que não queria, e de marcas que não conhecia. Ou, se conhecia, podia até desaprovar os serviços, mas ainda assim acabaria em contato com ela uma hora ou outra.

Isso era péssimo: muito dinheiro depositado e baixa conversão. Os clientes, também se sentiam incomodados.

Para que não fosse mais necessário fazer publicidade agressiva, as empresas passaram a investir em marketing nas redes sociais. Afinal, elas são a melhor estratégia de Inbound Marketing possível.

Com as redes sociais, você consegue atrair clientes genuinamente: ou seja, eles vêm até seus perfis porque se interessaram no seu conteúdo. 

Além de isso não ser incômodo, tem muito mais potencial de gerar uma relação a longo prazo. 

No entanto, o tráfego pelo tráfego não gera nada para a marca. Por isso, é preciso criar conteúdo tanto para a atração de clientes que não conhecem a marca, como também posts para despertar dúvidas no cliente e fazê-los identificar que eles precisam do produto. Essa etapa é chamada de reconhecimento de necessidade.

Depois que seu seguidor sentir que realmente tem um problema e precisa solucioná-lo, você deve guiá-lo para conteúdos mais específicos sobre o seu negócio. Porém, nas redes sociais, fica complicado fazer posts com legendas longas e ensinar qualquer coisa com muita profundidade.

Para isso, o YouTube e um Blog são cruciais, pois artigos podem conter tranquilamente até 4.000 palavras e vídeos podem durar 20 minutos, sem que isso seja maçante para quem consome essas plataformas.

Por isso, nelas sim você deve focar em convencer seu cliente que a sua solução é a ideal, e guiar seu público para uma página de venda de um produto. 

Vamos conhecer as 7 melhores formas de realizar esses serviços?

 

1. Integre seu site às suas redes sociais e suas redes sociais ao seu site

como integrar sua rede social no seu site

Utilizar os recursos oferecidos pelas redes sociais é uma das maneiras mais inteligentes para aumentar o tráfego do seu site. Entre os principais recursos, temos as formas de se conectar e comunicar com os clientes.

Os botões de “seguir” e “inscrever” dão a oportunidade de interagir diretamente com o público, de maneira consentida, e mantê-lo atualizado sobre notícias e outras novidades do seu nicho, além de poder entregar muito conhecimento que será útil para a venda dos seus produtos depois.

Portanto, é necessário estar sempre compartilhando as novidades com seus clientes, para que você possa se tornar uma referência em sua área de atuação e mostrar que está trabalhando sério, dia após dia.

Depois de algum tempo vendo seu conteúdo diariamente e se interessando pelo o que você faz, seu cliente não pensa em deixar de te seguir. Pelo contrário: quer mais. Por isso, garanta que a cada 4 ou 5 dias postando conteúdo informativo, você também estará postando conteúdo um pouco mais comercial.

Há ainda as opções de legenda e descrição dos posts que são essenciais para aumentar o tráfego do seu site rapidamente. Inclua o link para seu espaço digital em praticamente todos os posts.

Através do compartilhamento de conteúdos interessantes,  seus leitores podem republicar seu conteúdo e ajudá-lo a atingir um público ainda maior, mesmo que a única coisa que esteja passando pela mente deles naquele momento seja “Nossa, que conteúdo legal. Ele me representa!”.

Dessa forma, além de matar o marketing chato, você ainda consegue captar clientes por indicações genuínas.

 

2. Explore o Feed

o que e instagram feed

Outra opção que você poderá usar a seu favor é incorporar o conteúdo das suas redes sociais (o feed), em uma página do seu site. Você poderá optar por destacar os seus últimos tweets, posts do Facebook ou Instagram em uma barra lateral da página principal, ou criar um menu no cabeçalho chamado “redes sociais

Alguns dos seus clientes se sentirão curiosos e poderão clicar para te seguir nas redes. Porém, ao se deparar com o seu conteúdo, preferencialmente exclusivo, eles irão acessar suas principais redes e acompanhar seu trabalho por lá também.

Se conveniente, inclua também os likes e comentários para ganhar ainda mais créditos.

Essa é uma ótima estratégia para fazer com que os visitantes do seu site acompanhem suas redes sociais e se aproximem ainda mais da sua marca.

3. Login com redes sociais

Entrar na rede social

Se você exige que o visitante do seu site crie uma conta para poder usá-lo, inclua um método de cadastro pelos logins das redes sociais. Ao fazer isso, você permitirá que os visitantes realizem seus cadastros de maneira mais descompromissada, simples e direta do que a maneira padrão.

Hoje em dia, os clientes preferem usar suas contas de redes sociais ou conta Google para se cadastrar em sites. Essa é praticamente a realidade de todos os nichos.

 

4. Use recursos visuais para inspirar sua audiência

rede social template

Causar uma boa “primeira impressão” é crucial quando se trata de aumentar o tráfego do seu site. 

Isso quer dizer que: quando procuramos por um conteúdo ou produto na internet, é muito provável que venhamos a escolher o site que mais nos agrada visualmente; seja devido ao seu ótimo design ou à sensação de segurança e profissionalismo que nos passou.

Os recursos visuais como fotos, vídeos e ícones nos ajudam a tomar decisões, mesmo que inconscientemente. Use-as a seu favor, mas mantenha o senso estético. Se não confiar muito nas suas criações, busque por templates de site próximos ao conteúdo que quer criar.

O mesmo é válido para produtos: o conteúdo visual ajuda o cliente a ter certeza de que está comprando algo que atende às suas necessidades e expectativas. Portanto, é mais provável que efetue a compra ao ver uma foto ou vídeo do produto do que somente uma descrição.

 

5. Tenha um site responsivo

site responsivo

Ter um site adaptado para celulares é extremamente importante. Hoje em dia, quase 90% da população brasileira que acessa a internet, navega através de um smartphone e faz compras por ele. 

Sendo assim, é mais do que necessário que seu conteúdo seja facilmente acessível e compartilhável via dispositivos móveis. 

Se quiser aumentar o tráfego do seu site será necessário melhorar também a experiência do usuário!

 

6. Mantenha a consistência

instagram postagem

A chave para conquistar um público fiel nas redes sociais é a constância: quanto mais consistente você é em sua agenda de publicações, maiores as chances de ser visto pelo seu público alvo ou indicado para outros usuários através dos algoritmos das redes sociais.

Publicar todos os dias é recomendado quando se está tentando crescer nas redes sociais. Porém, só faça isso se tiver certeza de que conseguirá manter a qualidade dos posts.

Muitos criadores seguem esta recomendação como uma regra e acabam baixando a qualidade do conteúdo de lado, e com isso perdendo seguidores. Se precisar, mantenha um ritmo mais lento em uma rede social com um algoritmo mais lento e menos violento, como o do Facebook, e não cometa esse erro!

Claro, não espere o mesmo retorno do Instagram. Se quer realmente crescer, deve manter seus posts diários com responsabilidade e utilizar a melhor rede social para atingir um público consumidor.

 

7. Conheça sua Concorrência

Uma estratégia bem conhecida de marketing é estar ciente do quão bom o seu competidor é e aprender com os erros e acertos dele.

Portanto, fazer uma análise das redes sociais de sua concorrência lhe ajudará a compreender melhor seu público alvo. Além disso, poderá acompanhar possíveis tendências e se acostumar a um padrão mínimo de qualidade para oferecer em seus portais.

Use ferramentas de SEO para analisar também as palavras-chave que sua concorrência utiliza e analisar se quer competir diretamente, pelos mesmos termos, ou se deverá buscar uma palavra-chave alternativa para ter chance de conquistar sua parcela do mercado.

 

Aumentando o tráfego do site e das redes sociais, tudo de uma vez

website gratis

Você conseguirá aumentar o tráfego do seu site de acordo com a efetividade das suas estratégias de marketing de conteúdo nas redes sociais e em quão bem integra seus posts para migrar o público das mídias para o seu espaço.

Claro, fazer sucesso online não é apenas conquistar um público nas redes e levá-lo a um site: você também precisa trabalhar estratégias de conversão de vendas nas suas páginas e criar artigos adequados no seu blog.

Além disso, conseguir uma audiência fiel não vem da noite para o dia: você precisará seguir todas as melhores práticas do empreendedorismo digital e realmente se dedicar na produção de conteúdo.

Por fim, não tente promover seu negócio através de uma única estratégia de marketing digital: o segredo é estar presente em todos os lugares em que seu público alvo também está.

Para isso, continue acompanhando os conteúdos do nosso blog e se aprimorando diariamente. 

Boa sorte em sua jornada!

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 − eleven =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos