Como Monetizar Um Blog Mesmo Não Sendo O Criador de Conteúdo?

Monetizar um blog é um sonho antigo de muitos usuários da internet. Com a predominância do marketing digital, no entanto, esse sonho não está tão longe, seja você um usuário old-school ou novo no mundo digital.

Blogs representam maneiras rápidas e práticas de aprender conteúdo de maneira sólida. Apesar de competir com os vídeos, os blogs ainda se saem muito bem: o público que prefere aprender por escrito é fiel e consome bastante conteúdo.

“Conteúdo”: palavra esta que é a chave do sucesso de qualquer blog. Independentemente das estratégias de como monetizar um blog que veremos a seguir, a criação de conteúdo de qualidade, relevante para o público-alvo, é com certeza o maior fator para tudo dar certo.

Vamos aprender como monetizar um blog de uma vez?

1. Exiba Anúncios e Banners (Publicidade)

Exiba Anúncios e Banners

 

Não tem como não começar falando dos tão polêmicos anúncios e banners. Apesar de muitos usuários se sentirem incomodados com anúncios, eles ainda assim são a forma mais rápida e eficiente de monetizar o seu blog.

O motivo é simples: as pessoas leem seu blog porque gostam de aprender com você sobre determinado assunto. Então, se elas precisam aprender sobre o assunto, por que não precisariam consumir produtos relacionados ao tema do blog também!?

Muito usuários não irão comprar produtos com você porque essa não é a intenção deles, mas outros irão amar receber sugestões de bons produtos sobre sua área. Serão esses, inclusive, seus leitores mais fiéis.

Indicar um produto é uma grande responsabilidade: caso o cliente faça a compra, ele irá depositar sua satisfação (ou insatisfação) em você. É a sua credibilidade que está em jogo.

Caso ele não venha a comprar, ainda assim ele tolerará anúncios caso:

  • Estejam relacionados ao seu nicho
  • O produto seja de qualidade

Se você sair por aí indicam produtos popularmente reconhecidos como ruins, você está destruindo sua reputação, tanto com quem compra quanto com quem não.

Além disso, respeitar o nicho e a identidade do seu blog é crucial. Ninguém quer ler um blog sobre um assunto formal e acabar vendo anúncios de Ifood e comidas gostosas que irão tirar a atenção, despertar fome e em alguns casos até ofender.

Como Exibir Anúncios No Meu Blog?

Você precisará se associar a uma rede de anúncios. Para isso, você terá que atingir alguns requisitos; uns simples, outros mais exigentes.

Entre os possíveis requisitos estão:

  • Número mínimo de tráfego
  • Número mínimo de Posts feitos
  • Exclusividade de anúncios
  • Qualidade do conteúdo

A rede de anúncios mais conhecida é o Google AdSense. Porém, ele é conhecido por ser bastante exigente. Só para ilustrar, quando você submete seu blog, leva cerca de um mês para você ter a resposta se será aceito na rede ou não.

Mesmo assim, mais de 2 milhões de usuários optam pelo Google AdSense, pois os benefícios são grandes: palavras-chave bem definidas, com o valor do lance disponível para consulta a qualquer hora; anúncios fáceis de desenvolver (caso queira criar campanhas próprias); anúncios altamente direcionados para o nicho do seu site, etc.

No entanto, você também tem o direito de conhecer alternativas para o Google AdSense caso não queira jogar com o Big Player. Veja abaixo as melhores alternativas ao AdSense.

Alternativas ao Google Adsense

Vamos ver brevemente algumas boas alternativas ao Google AdSense. Faremos uma lista para que você consiga visualizar cada uma das opções.

  • Infolinks 
  • Media.Net 
  • BuySellAds 
  • AdsTerra 
  • EpomMarket 
  • PopCash 

Infolinks

Desde 2007 no mercado, o Infolinks é a terceira maior rede de anúncios do ocidente. Os anúncios são todos contextualizados de acordo com o nicho, portanto relevantes ao público.

A tecnologia utilizada é similar ao Google AdSense: vários formatos de anúncios, que se adaptam a disposição do conteúdo do seu site. Também, o Infolinks leva em consideração as taxas de cliques dos anúncios para exibi-los: seu site irá anunciar somente os anúncios que tem mais sucesso no mercado.

Por fim, os anúncios também são responsivos: adaptados a qualquer aparelho móvel; não há custos adicionais; não requer exclusividade e nem um requisito de tráfego para se associar.

Media.Net

Empresa que gera anúncios qualificados para diversas áreas.

Media.net também não requer tráfego mínimo, pois mira seu negócio em um público vasto, de pequenos a macro negócios.

Não requer nenhuma taxa para se associar e nem para se manter anunciando. No entanto, oferece recursos de ferramenta premium: você tem acesso a relatórios de quais anúncios mais vendem, qual a melhor disposição, etc.

A rede tem ótima popularidade atualmente, completando o Top#3 das redes de anúncio.

A disposição dos anúncios são todas editáveis, além de já se adaptar ao formato do seu blog com a distribuição do conteúdo.

BuySellAds

Com um funcionamento um pouquinho diferente, o BuySellAds oferece a oportunidade do anunciante escolher o site em que irá exibir seus anúncios. Então, você, dono do espaço, escolhe se irá vendê-lo ou não.

Aqui existe a possibilidade de vários anunciantes oferecerem a oportunidade de exibir anúncios que não tem nada a ver com o seu site. Escolha as ofertas com sabedoria.

Apesar disso, esta rede de anúncios tem um foco mais ou menos estabelecido: tecnologia, mercado freelance e mercado de desenvolvedores.

Para que este sistema funcione, a BuySellAds dificulta a associação dos blogs com vários requisitos:

  • Não é 100% das vezes, mas a rede dá preferência para blogs do nicho foco;
  • 100 mil impressões ao mês;
  • Site atualizado com conteúdo recente postado;
  • Sem conteúdo ilícito ou para maiores de 18 anos;
  • Não requer exclusividade, mas se seu site é cheio de anúncios sem um alvo claro, eles não lhe aceitarão.

Recentemente a rede também passou a atender somente sites em inglês devido a impossibilidade de atendimento em outras línguas. Portanto, se estiver interessado(a) em um sistema com maior ação humana, sinto informar, mas as melhores ofertas estão disponíveis em inglês apenas.

AdsTerra

Desde 2013 no mercado, o sucesso da AdsTerra é inegável. A empresa já cobre mais de 200 países, com atendimento em diversas línguas e um ótimo número de empresas associadas.

Não há restrições de nichos

A empresa realiza vários estudos de caso e os publica para demonstrar quem foram os anunciantes de maior sucesso dentro da rede e o que eles fizeram para chegar lá.

No AdsTerra, o anunciante pode filtrar os anúncios em seu blog: nicho, linguagem, país, estado e até cidade. Isso significa ter algum trabalho manual, mas que também é possível direcionar altamente o público-alvo. Além disso, também é possível filtrar anúncios pelo tipo de navegador: Chrome, Firefox, Opera, etc. Você até mesmo tem a opção de filtrar por palavra-chave!

A AdsTerra também é uma das poucas redes que aceita BitCoin como método de pagamento.

EpomMarket

Anúncios para desktop ou dispositivos móveis!? A EpomMarket oferece ambos. Também, a plataforma é responsável pela leitura de nichos e disponibilização de anúncios direcionados; além de oferecer relatórios sobre as campanhas de anúncios em tempo real.

É mais uma rede de anúncios de formato parecido ao Google AdSense cuja a burocracia para integrar a rede é quase inexistente. Os números da EpomMarket são interessantes e podem trazer as quantias que você está procurando. Basta realizar um cadastro, confirmar a conta para começar.

O suporte ao cliente funciona 24/7 e é feito somente em inglês. No entanto, se seu site for em PT-BR, mas você falar inglês, será atendido normalmente.

Para anunciantes, há um requisito de $50,00 mensais para começar seus investimentos em tráfego pago.

PopCash

Se nada lhe agradou até agora, você deve conhecer uma iniciativa diferente. A PopCash é uma rede de anúncios especializada em anúncios no formato “pop-under”. Anúncios que aparecem atrás do conteúdo ao invés de sobrepô-los.

A rede oferece a oportunidade de pagamento diário (diferente da grande maioria das redes, que oferece pagamento mensal), se tornando agradável aos olhos dos publishersPara retirar, você apenas precisa garantir que tem mais de U$10 em sua conta.

Não há muitos requisitos para fazer parte da rede: Desde que os anúncios do seu site não sejam agressivos e desconexos, e que seu conteúdo não seja ilícito, você pode estar dentro.

Gerenciar Anúncios com o WordPress

Muitas vezes, por mais que as redes de anúncios ofereçam inteligências para organizar os anúncios para não prejudicar a visualização do conteúdo, muitas vezes essas tecnologias falham; ou nós mesmos acabamos sendo perfeccionistas e queremos fazer alterações para deixar tudo do nosso jeito.

Caso esteja utilizando o WordPress para gerenciar seu blog, deve instalar o plug-in Ad-Insenter. Este plug-in é compatível com a grande maioria dos formatos de anúncios, com todas as redes (Google AdSense, Media.net, Infolinks, etc.).

Você também pode criar formulários opt-in, cabeçalhos, código Javascript, CSS, HTML, PHP, análise de dados e muito mais.

Existem diversas outras funções que você pode utilizar com o Ad-Inserter, principalmente se assinar a versão premium do plug-in. Você pode checar tais funções, assim como baixar a versão gratuita do plug-in, aqui.

2. Venda Produtos em Seu Blog

Venda Produtos em Seu Blog

Existem basicamente dois gêneros de produtos que você pode vender em seu blog: produtos físicos e produtos digitais. Cada um deles tem suas diferenças em termo de vantagens e requisitos para o negócio funcionar.

Entenda as diferenças entre produto físico e digital para saber qual a melhor opção.

O segredo para vender um produto qualquer é conhecer seu público e fazer a oferta mais relevante possível. Você é um resolvedor de problemas, e assim como quando anuncia um produto de um terceiro, é necessário garantir a qualidade dele. Desde que você consiga manter seu produto relevante, com boa qualidade, você conseguirá monetizar seu blog e manter uma audiência fiel.

Caso você opte por produtos físicos, deverá começar a pensar desde já se fará dropshipping ou se trabalhará com estoque. Isto altera muito o quanto precisará investir para poder começar as vendas em seu blog.

O dropshipping é uma das maneiras mais baratas e rápidas para empreender na internet, ao passo em que o e-commerce de venda tradicional requer um pouco mais de especialização e caixa inicial.

Caso opte por vender produtos digitais, você deve começar o quanto antes a idealizar as mídias com as quais atuará; se irá produzir o conteúdo você mesmo ou fará uma parceria com um criador terceiro.

Se você tiver a capacidade para idealizar cursos, materiais digitais como e-books, artigos bem completos e infográficos sobre sua área, o custo inicial para começar suas vendas pode ser de “R$0,00”. Você precisará dedicar apenas do seu tempo para organizar tudo e começar a distribuição com as vendas do produto.

Por Que Realizar Vendas Em Um Blog?

A ideia de transformar seu blog em algo próximo de uma loja virtual ou até mesmo uma plataforma de cursos lhe causa algum estranhamento? Pois então eu gostaria de convidá-lo para a seguinte reflexão.

Se você possui um blog com uma grande audiência, é porquê produziu conteúdo de qualidade e ajudou muitas pessoas a se manterem informadas e/ou aprender muita coisa. Não é verdade?

Se sim, quer dizer que você já é um grande solucionador de problemas. Senão isso, pelo menos alguém que oferece grande ajuda para que os leitores resolvam os problemas por si.

No entanto, você mesmo não pode solucionar todos os problemas do seu nicho. Há muitos conhecimentos que vão além do que você sabe, bem como muitos produtos que você não tem a capacidade de produzir.

Principalmente quando o assunto é produto, que outra opção você tem além de demonstrar para seu público onde encontrar uma determinada solução?

É aí que entra a venda de um produto terceirizado. Dropshipping ou associação com produtores de conteúdo pode ser uma grande forma de complementar o seu negócio.

Você não estará simplesmente vendendo um mero produto como se seu blog tivesse se tornado mais uma loja qualquer por aí: você garantirá que os produtos oferecidos são bons, e que o seu público recebe o conteúdo mais completo sobre o seu nicho.

E se você pudesse produzir o produto que tanto quer indicar? Neste caso você não deveria nem estar hesitando! Comece agora mesmo a vender soluções criadas por você e lucre muito em cima.

O mundo precisa muito de pessoas que criam soluções, bem como pessoas para distribui-las e espalhá-las. Decida qual das opções se adequa mais a você e utilize a venda de produtos como uma arma para monetizar seu blog.

3. Crie conteúdo privado e uma rede de assinaturas

Crie conteúdo privado e uma rede de assinaturas

Criar conteúdo privado não necessariamente quer dizer que para ler seu blog o leitor tenha que pagar. Na verdade, você apenas terá que produzir parte do seu conteúdo para disponibilizar gratuitamente, e os outros artigos que você criar deverão ser somente acessíveis para aqueles que estão realmente interessados em seu blog. Se um usuário aprende com você diariamente, nada mais justo do que você ser retribuído por seus serviços, não é mesmo?

Os efeitos serão positivos para seu blog, pois assim que você criar seu plano, com boas landing pages, páginas de formulário, criar uma área para o cliente e menus que somente os membros oficiais poderão acessar, os leitores esporádicos perceberão que seu blog cresceu de patamar. Nesse caso, não acompanhar o crescimento da sua marca seria ficar para trás em relação a competição que lhe acompanha.

O leitor esporádico ficará com “gostinho de quero mais” e começará a cogitar se deve assinar ou não o seu plano premium. Enquanto isso, o cliente fiel, que está pagando para você, mensalmente ou anualmente, perceberá que você está criando “conteúdo premium”; ou seja, algo especial para quem te trata como um produtor de conteúdo especial. Apenas garanta que seu conteúdo premium é de alta qualidade e os terá como seguidores por muito tempo ao longo de sua carreira.

Como Monetizar Um Blog em 2021?

Essas as principais estratégias para monetizar seu blog caso você não seja o criador de conteúdo. Você também pode aprender outras estratégias de ganhar dinheiro com blog com artigos do Cursana.

Os métodos de monetização mencionados são para aqueles que administram blogs. De certa forma, dá até para se dizer que a renda virá de “forma passiva”, portanto são as melhores estratégias ao longo prazo.

Aplique todas ao mesmo tempo e verá que administrar um blog pode ser muito mais lucrativo do que você imagina.

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × 5 =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos