Startup de inteligência artificial recebe aporte para fortalecer atuação na prevenção a fraudes no mercado financeiro

Na terça-feira (15), a AcertPix, a primeira joint-venture da Pix Force com a Acert, acaba de levantar até R$6 milhões de uma empresa do setor de créditos. A investidora percebeu no produto de prevenção a fraudes por inteligência artificial da AcertPix, uma oportunidade de potencializar e acelerar sua presença no mercado financeiro.

Neste caso, a AcertPix realiza a perícia automática em fotografias digitais de documentos de identidade e consegue distinguir entre um RG ou CNH verdadeiro e falso em menos de 30s. Todo o processo é concluído sem qualquer intervenção humana. A empresa é a pioneira a conseguir realizar uma validação pericial e automática de identidades brasileiras.

Com a entrada do novo investidor, uma máquina de vendas está sendo criada para promover um crescimento exponencial da nova empresa. “A Acertpix, surgiu como uma JV, mas já é uma empresa independente , validando o objetivo da Pix Force em difundir sua tecnologia para grandes mercados sem que haja um desvio de foco”, disse Daniel Moura, o CEO da Pix Force sobre a nova joint-venture.

Pix Force comemora o sucesso da AcertPix

Dois anos após sua criação, a startup Pix Force, de Porto Alegre, escolheu seguir um modelo de gestão diferente da maioria das startups: conciliar a expertise de negócios de uma líder setorial com o poder da inovação de startup de deeptech.

A empresa acredita que quando uma parceria se solidifica, uma nova empresa é formada no modelo “joint-venture”, para que ela “ande sozinha”. Na verdade, esse modelo de “fábrica de joint-ventures’ da Pix Force dá o primeiro sinal de ser uma estratégia de sucesso”, acredita seu CEO.

Fotos: Divulgação

Dessa forma, a união de força com empresas tradicionais tem ajudado a Pix Force a espalhar a sua tecnologia de inteligência artificial em setores onde a empresa tem pouca ou nenhuma penetração, como esporte, agro e setor financeiro. Por isso, o novo financiamento da AcertPix foi bastante comemorado.

Em paralelo, a Pix Force se diz empenhada em seus principais produtos, relacionados à indústria 4.0, uma vez que as novas empresas criadas devem se tornar independentes e autossustentáveis.

Segundo o CEO da empresa, “a disrupção vai muito além da criação de um produto ou nova ferramenta que não existe. Modelos de negócio, conexões, parcerias podem e devem ser repensadas e reinventadas à luz da dinâmica e velocidade das startups. O manual de instrução da nossa startup ainda está sendo escrito e acredito que estamos longe do capítulo final.”

Por fim, Moura afirma que a estruturação de uma startup pode ser feita com base em uma infinidade de metodologias, mas questiona se existe espaço para inovar na própria forma de criação de empresas tecnologia. Ele acredita que o sucesso na parceria com a AcertPix é a prova viva de que é realmente possível.

Source link

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

four × 5 =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos