Restituições do imposto de renda acontecem por ordem de chegada

Alunos do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Anhanguera realizarão atendimento gratuito aos contribuintes para envio das declarações do imposto de renda 2022

Mais de 34,1 milhões de brasileiros declararam imposto de renda no último ano, segundo dados da Receita Federal, e a expectativa é de que a arrecadação aumente em 2022. As declarações tiveram início em março e as restituições têm previsão de pagamento a partir de maio. Quanto antes o contribuinte declarou seus bens, maiores são as chances de receber o valor nas primeiras fases de devolução.

Para a coordenadora do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Anhanguera, professora Isabel Alarcón Pizzorno, os contribuintes que entregaram suas declarações em março estão entre os primeiros a serem restituídos. Quem ainda não fez, tem à disposição o atendimento gratuito que será realizado pelos alunos da instituição com a orientação do prof. David Daniel Hammes Junior. “A oportunidade é excelente para contribuintes e alunos; de um lado, há a prestação prática do serviço gratuito; do outro, o contribuinte recebe atendimento gratuito de qualidade e fica em dia com suas obrigações”, afirma Pizzorno.

“A restituição, como o próprio nome sugere, é a devolução do valor pago a mais pelos impostos, segundo cálculos da Receita”, explica a coordenadora. O primeiro lote de devolução é voltado para idosos com mais de 60 anos, pessoas com deficiência física ou mental graves e para profissionais cuja maior fonte de renda seja o magistério. “As fases seguintes obedecem a ordem de envio das declarações”, completa.

Neste ano, devem prestar contas todos que obtiveram rendimento tributável, como pensões, aluguéis e salários, maior do que R$ 28.559,70 em 2021 (no caso de quem recebeu Auxílio Emergencial, R$ 22.847,76) ou que tiveram ganho não tributável maior que R$ 40 mil. Proprietários de bens com valor acima de R$ 300 mil e cidadãos que venderam ou compraram posses (como imóveis e carros) ou ações na Bolsa de Valores também devem apresentar sua declaração.

DOCUMENTOS
A plataforma da Receita Federal onde os dados devem ser preenchidos está disponível para download. “É preciso recuperar a declaração feita no ano anterior, que fica salva no dispositivo onde o processo foi executado”, orienta Pizzorno. “Se o contribuinte que for até a Faculdade Anhanguera tiver o comprovante de envio da declaração anterior, poderá agilizar o preenchimento dos campos”, finaliza. Saldos bancários em conta corrente ou poupança devem ser incluídos, assim como despesas médicas e com educação para dedução.

Redação Outro Dia Newso seu Site de Notícias com Dicas e informações do cotidiano na palma da sua mão. Portal completo e atualizado diariamente, acompanhe as nossas editorias.

Para quem faz o procedimento pela primeira vez, os documentos necessários são: CPF (Cadastro de Pessoa Física), título de eleitor, comprovante residencial, informações profissionais presentes no comprovante de rendimentos fornecidos pelas empresas e, caso a prestação seja feita em conjunto com o cônjuge, é necessário incluir o CPF da pessoa.

Serviço:
Data: 20 de maio, das 19h às 21h.
Endereço: Faculdade Anhanguera São José – laboratório de informática 3, rua Luiz Fagundes, 1680, Picadas do Sul, Santa Catarina.
Valor: Gratuito

Source link

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 + dez =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos