Investindo no digital, Grupo Kyly elenca dicas sobre como criar melhores ofertas no e-commerce

A explicação leva em conta como conseguir equilibrar o desejo do público por fretes gratuitos ou com preço mais em conta, com base no valor que a ser cobrado para não ficar no vermelho

Pomerode (SC), julho de 2022: A integração de canais físico com o digital tornou-se uma estratégia básica para varejistas que atuam em diferentes setores no Brasil. Neste caso, o principal desafio de quem atua nesta área e vende pela internet é conseguir equilibrar o desejo do público por fretes gratuitos ou com preço mais em conta, levando em consideração um valor que o lojista precisa cobrar para não ficar no vermelho. Diante disso, muitas marcas ou empresas ficam com dúvidas ou receios sobre precificação, logística e a melhor estratégia a ser traçada para que este canal seja vantajoso e lucrativo. Pensando em auxiliar diversas redes nessa questão, Diana Rodrigues Gropp, gerente de Unidade Estratégica de Negócios Digitais do Grupo Kyly, maior rede de vestuário infantil do País detentora das marcas Milon, Kyly, Nanai, Lemon Kids, Amora e Lemon, separou algumas dicas importantes sobre o assunto.

Segundo ela, o consumidor quer ter o sentimento de ter feito o melhor negócio possível para ele. Por isso, tanto a estratégia de desconto como de frete gratuito são atrativas. No entanto, ambas impactam diretamente a margem do varejista que encontra cada vez mais dificuldade de cobrar pelo preço cheio dos produtos. “Para conseguirmos equilibrar essa equação é necessário ‘fazer conta’, ou seja, acompanhar de perto a proporção dos custos em relação à venda, além de identificar qual o ponto saudável do preço de vendas, que possibilite oferecer um frete grátis. O consumidor está mais disposto a pagar um pouco a mais pelo produto, se ele obtiver uma entrega gratuita. A sensação de bom negócio é maior do ponto de vista dele, visto que comprou o produto que desejava e o custo do frete seria algo que ele não deseja e sim uma ‘taxa’ que precisaria pagar. Já o desconto é uma das estratégias que deve ser usada com mais cautela, para não caracterizar o site como outlet e que está em constante promoção, desvalorizando o seu produto e a marca. Usar constantemente esse mecanismo, acostuma o cliente e acaba perdendo o efeito de oportunidade e da compra por impulso”, exalta.

Dica 1: Estruture uma tabela de frete: faça negociações com as transportadoras e busque sempre negociar com os Correios. Há várias opções no mercado atualmente, que oferecem possibilidade de reduzir os custos de entrega.

Dica 2: Estabeleça regras e políticas para frete grátis: avalie a média do seu custo de frete e quanto isso representa em desconto do seu produto. O frete grátis nada mais é do que um desconto do seu produto. Uma estratégia que ajuda bastante é definir um entrega gratuita acima de um valor mínimo.

Dica 3: Saiba calcular o preço do frete – Como fazer esse cálculo? Uma forma de calcular o seu frete grátis de maneira mais saudável é saber o custo médio por envio. Por exemplo, seu custo médio é de R$20 por cada pedido enviado, você pode oferecer um frete grátis acima das compras de R$199, o que representa um desconto de 10% no seu produto. Se 10% de desconto no seu produto for algo financeiramente viável, você poderá praticar essa ação de frete grátis, sem problemas.

Redação Outro Dia Newso seu Site de Notícias com Dicas e informações do cotidiano na palma da sua mão. Portal completo e atualizado diariamente, acompanhe as nossas editorias.

Dica 4: Um dos erros mais comuns dos varejistas é não pensar na logística reversa do e-commerce. É necessário pensar nessa eventual despesa para não desequilibrar o caixa da empresa. Mais do que a logística reversa do e-commerce, é preciso conhecer o Código de Defesa do Consumidor para compras online. Nele consta que o cliente pode desistir da compra sem custo algum dentro de sete dias. Ou seja, a logística reversa por conta do varejista é lei e não somente uma política. Nesse caso, o varejista precisa ter um valor previsto para esse tipo de custo extra. Sendo assim, é preciso identificar qual a taxa de clientes que solicitam desistência do produto e o motivo. Ciente da razão, a empresa pode trabalhar na causa e reduzir esse custo, mas eventualmente sempre terá uma porcentagem das suas vendas que serão devolvidas.

Dica 6: Automatize e busque plataformas com expertise. Por que é importante contar o apoio da tecnologia para automatizar processos para tomar melhores decisões relacionadas ao frete?
São vários KPI´s dentro de uma operação de venda online que precisam ser cruzados para serem transformados em uma estratégia de redução de custo e no aumento de vendas. São muitos pedidos online e qualquer erro de cálculo de custo pode gerar um grande impacto em um curto espaço de tempo. Utilizar a tecnologia para acompanhar essas informações e para apoiar a tomada de decisão é ganhar tempo e, consequentemente, mais agilidade para poder realizar ações assertivas para o negócio.

Sobre o Grupo Kyly
O Grupo Kyly tem sede localizada em Pomerode, no interior de Santa Catarina, e é hoje a maior empresa de vestuário infantil do Brasil. Detentor de cinco marcas e parceiro de uma empresa de jeans infantil, o grupo possui produção anual de 31 milhões de peças e atua de forma verticalizada, contando com sua própria Fiação, a Fio Puro, considerada uma das mais modernas da América Latina e que opera com 100% da sua matéria prima sendo algodão brasileiro responsável. O grupo conta com mais de 11 mil clientes multimarcas e exporta para 36 países, além de forte presença no e-commerce próprio e nos principais marketplaces do País. Já no franchising, com a marca Milon, possui 80 lojas.

Source link

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × dois =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos