Google Analytics For WordPress o que é e por que é tão Importante?

O Google Analytics For WordPress se tornou essencial para a estratégia de marketing digital. Neste guia aprenda mais sobre as suas funções e como instalá-lo no seu site WordPress.

 

Usar o Google Analytics WordPress se tornou quase obrigatório para quem trabalha com marketing digital e deseja bons resultados online. Isso porque a ferramenta oferece parâmetros de análise de desempenho do seu site diante dos usuários.

 

Ou seja, com os relatórios oferecidos dá para entender se a estratégia utilizada no site está realmente funcionando para atrair e converter potenciais clientes. A partir dessa análise, é possível entregar com precisão o que os usuários procuram na sua página na internet.

 

Continue a leitura para entender de fato o que são esses parâmetros e análises. Neste artigo explicamos como eles podem ajudar no desempenho do site na prática e como instalar o Google Analytics WordPress.

 

google analytics to wordpress

O que é Google Analytics For WordPress?

Para falar sobre Google Analytics WordPress de maneira compreensível e menos abstrata é necessário entender a função do Google Analytics. Ele é uma ferramenta gratuita que coleta os dados de acesso de diferentes tipos de site, seja WordPress ou não.

Antes de continuar, vale destacar que o Wordpress é um dos sistemas de gestão de conteúdo para internet mais populares. Por isso, traremos como foco o uso do Google Analytics For WordPress para análise de dados de acesso online.

 

Voltando ao tema, esses dados representam basicamente como os usuários se comportam acessando o seu site. Dá para saber quanto tempo eles permanecem em cada página, a partir de qual local na web acessaram seu link, se de outro site ou de uma pesquisa no Google, por exemplo.

 

Entre outros dados, esse tipo de informação é chamado de métrica. Elas são representadas em números e compõem o material que será realmente analisado. Logo, é fundamental conhecer as métricas e saber o que elas querem dizer sobre o desempenho do site.

 

Afinal, um bom desempenho significa que seu site está sendo bem recebido pelos usuários. Isso envolve atender dúvidas e necessidades dos indivíduos e promover a atração e conversão de novos clientes gerando vendas.

 

Mas afinal, quais são as métricas úteis no Google Analytics WordPress?

Principais métricas para Google Analytics For WordPress

A maioria das pessoas acredita que o número de visitantes é mais importante para um site crescer. Porém não é bem assim que funciona. É indispensável saber como o visitante interage entre as páginas, quantas vezes acessa e o que busca em cada acesso.

 

Google Analytics WordPress

Por isso, o Google Analytics  For WordPress traz métricas mais completas, além do número de visitantes. Isso ajuda o gestor — um profissional de marketing, TI ou o dono do site — a visualizar melhor seus resultados online.

 

A seguir você poderá ver quais são as principais métricas do Google Analytics e como elas podem ser úteis. Confira!

Visitante

A métrica mais simples e conhecida, o visitante, como é de se imaginar, é qualquer pessoa que acessa o site. Para cada dia que uma pessoa visitar o seu site, independente de quanto tempo permaneça, ela será contabilizada como uma visitante única em cada dia.

 

Por outro lado, o visitante único é considerado uma visita recorrente em análises mais amplas, como no relatório mensal. Com isso, a pessoa que acessa o seu site todos os dias será considerada uma única visita, já que se trata do mesmo usuário.

 

Com certeza, é muito bom ter um número de visitantes alto. Mas ele sozinho não é capaz de dizer que seu marketing digital está convertendo clientes e gerando vendas. É preciso ir um pouco mais a fundo e analisar mais detalhes.

Sessão

O Google Analytics WordPress entende como sessão o número de visitas recebidas. Atenção, isso não é a mesma coisa que número de visitantes. Confundir essas duas métricas pode atrapalhar sua análise, então vale ficar atento(a) a isso.

 

A sessão agrupa as interações do visitante. Por exemplo, o usuário que acessa o site uma vez por dia durante uma semana resultará em sete sessões em um período de sete dias. Entretanto, ele continua sendo um visitante único em sete sessões distintas.

 

Neste caso, os números podem revelar uma certa fidelização dos seus visitantes. Ou seja, o usuário está sempre retornando para conferir as novidades e serviços do seu site. Entretanto, ainda é necessário saber um pouco mais sobre o que ele faz em cada visita.

Hit

Hit é a métrica atribuída para diferentes interações dentro de cada página. Com ela é possível ter uma noção maior de como o usuário se comporta durante as sessões. O simples acesso a home page já é um hit, o clique para a página de serviços é outro hit.

 

Os hits podem mostrar que o indivíduo está sendo atraído para consumir mais conteúdos dentro do site de forma positiva. Porém podem revelar também se o usuário está ou não interessado em continuar no site depois de conferir o conteúdo do link que o levou ao site.

 

Para o Google Analytics WordPress, é justamente esse conjunto de hits que forma uma sessão. Dessa forma, quando o usuário passa mais de 30 minutos em inatividade, isto é, sem gerar nenhum hit no site, a sessão é encerrada.

 

Dentro da plataforma do Google Analytics WordPress é possível alterar esse padrão de 30 minutos e defini-lo conforme sua preferência. Assim, a sessão sem hits do seu site pode durar por apenas alguns segundos ou mesmo horas.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição é uma métrica calculada conforme as interações realizadas durante uma sessão. Quando uma pessoa acessa somente uma página do site e em seguida já sai, então será contabilizada uma taxa de rejeição.

 

Dito isso, a taxa de rejeição não conta se o usuário demorou muito ou pouco tempo dentro daquela página. Ela considera apenas que ele entrou no site, mas não teve interesse em continuar interagindo e visitando outras páginas.

 

Essa métrica do Google Analytics WordPress pode ser bem importante para saber se a estratégia de atração e conversão de um blog está funcionando. Taxa de rejeição alta é sinal de que os potenciais clientes não estão sendo convencidos a continuar no site.

 

A taxa de rejeição tende a ser menor quando os usuários entram no site já destinados a realizar uma compra. Chamadas para ação e copies com conteúdos de interesse do usuário também podem gerar mais hits e diminuir a rejeição.

Tempo na página

O tempo na página sim está ligado a demora do indivíduo em determinada página do site. Com essa métrica dá para saber com quais páginas os usuários estão interagindo mais e passando mais tempo.

 

Lembrando que, após mais de 30 minutos sem interações, os hits, o Google Analytics WordPress encerra a sessão. Textos longos ou informações complexas de absorver, que induzem a pessoa a passar mais tempo na página sem interação, podem prejudicar a métrica e ocasionar uma rejeição.

Mulheres de negocio

 

Esses números são interessantes de acompanhar para saber a eficiência de cada página do site. As pessoas levam cerca de um minuto para ler uma página e descobrir se vão encontrar ali o que precisam.

 

Por isso, um tempo de permanência muito curto na página também não é legal para um site. Principalmente se isso for combinado com sessões com alta taxa de rejeição ou muito curtas — como explicaremos adiante.

Duração da sessão

Para o Google Analytics For WordPress também há uma diferença entre o tempo na página e a duração da sessão. Isso porque, a sessão contabiliza o tempo gasto em todos os hits do usuário, somando o tempo em diferentes páginas.

 

Logo, a duração da sessão, em geral, é maior do que o tempo na página. Ela varia conforme a quantidade de hits, podendo ser maior, menor ou mesmo zerada. Esse último acontece quando o usuário acessa só uma página e abandona o site, uma taxa de rejeição.

 

Portanto, sessões com rejeição, isto é, sem nenhum hit, possuem um registro 0 de duração. Em contrapartida, quanto mais hits, maior será a sessão, o que indica que o indivíduo está engajado com o conteúdo. Isso pode facilitar na hora de converter o potencial cliente para realizar uma compra ou contratar um serviço.

Canais

Os canais se referem a origem dos usuários que acessam seu link. Eles podem vir de uma publicação do Instagram da sua marca ou de uma pesquisa no Google, por exemplo. Essa métrica do Google Analytics WordPress comprova a importância de investir em diversas plataformas para alcançar o público-alvo.

 

Afinal, o seu potencial cliente pode estar em qualquer lugar da internet procurando pela solução que sua empresa oferece. E a opção de linkar todos esses ambientes digitais torna as interações entre as diferentes plataformas muito mais imediatas.

 

Isso contribui na criação de uma estratégia de marketing que esteja toda interligada, usando os diferentes canais de maneira inteligente. Por isso é tão importante descobrir como as pessoas chegam até seu site para investir em conteúdos de maior qualidade em canais que rendem mais acessos.

 

Se a maioria vem das redes sociais, vale investir em posts mais atraentes e anúncios pagos. Já se a maior parte dos acessos vem de sites externos, pode ser interessante firmar parceria com alguns desses sites.

 

A seguir veja alguns dos principais canais analisados no Google Analytics WordPress:

  • Direct

O direct é o canal de acesso diretamente pela URL no navegador. Pode ser quando o indivíduo copia e cola o link da página em um navegador como Google Chrome ou Firefox. O acesso pode ser feito pelo computador ou celular, depois da pessoa ter recebido ou salvo o link para conferir depois.

  • Organic Search

Este canal é o responsável pelas buscas orgânicas, isto é, quando o usuário chega ao seu site após realizar uma pesquisa em um buscador como Google ou Bing. Ter um nível alto de Organic Search significa que o algoritmo dos buscadores entendem que seu conteúdo é relevante. Portanto, é um índice excelente para se manter alto.

  • Social

Como já mencionamos, muitos usuários podem vir de redes sociais como o Instagram, o Facebook ou o LinkedIn. Apostar em um bom gerenciamento de redes tem sido a grande estratégia da maioria das agências de marketing. Não à toa, já que as redes sociais estão cada vez mais presentes na vida em sociedade.

 

Social Media Ads

 

 

  • Email

As newsletters são um excelente formato para conversão de usuários que já demonstraram interesse no seu conteúdo. Quando o usuário deixa seu e-mail em uma página de captação do site, fica fácil comunicá-lo das novidades da sua empresa, aumentando as chances de que ele volte para visitar o site.

  • Referral

O referral, ou referência, é quando outros sites colocam links no próprio conteúdo direcionado para o seu domínio. Para o Google Analytics WordPress, isso representa que seu site tem a credibilidade e confiança de outros sites. E o desempenho é ainda melhor se os sites externos também forem bem reconhecidos.

  • Paid Search:

O canal paid search corresponde as buscas pagas, quando o usuário clica em um link patrocinado. Isso acontece por meio do Google Ads, o principal serviço de publicidade da Google. Neste caso, os acessos vêm da página de buscas do próprio Google, com a diferença de que o usuário clicou em um link que você pagou para promover.

Relatórios personalizados do Google Analytics For WordPress

Para conseguir monitorar tantas métricas diferentes, o Google Analytics WordPress gera relatórios personalizados e periódicos. Isso permite analisar detalhadamente cada um dos números e traçar o perfil de comportamentos dos usuários.

 

Você pode visualizar números de visitantes, tempo na página e taxa de rejeição dentro de uma semana, um mês, etc. Quanto maior o período analisado, maior será a quantidade de informações, mostrando o padrão de comportamento dos acessos.

 

Em contrapartida, dados de poucos dias propiciam uma análise em mais detalhes, como dias de altos e baixos acessos. E essa é a razão para acompanhar de perto o Google Analytics WordPress sempre que for testar uma nova estratégia.

Padronização das métricas

Como já citamos ao longo deste artigo, o padrão de algumas métricas pode ser alterado, como a duração da sessão. Entretanto, é importante ter cuidado ao personalizar esses parâmetros para que eles não percam o seu propósito.

 

Uma sessão de horas em um site com poucos hits poderá trazer uma taxa de rejeição desproporcional e inexata. E não adianta ter baixa rejeição, se as pessoas continuam sem encontrar o que procuram no seu site.

 

Em vista disso, é fundamental saber usar até mesmo os números negativos ao seu favor, em vez de apenas modificá-los. Isso significa que você deve personalizar uma métrica apenas para adequá-la ao tipo de conteúdo do site. Pois, uma página de vendas tende a ter mais hits do que uma página de blog, por exemplo.

 

Só então com uma noção adequada da métrica esperada para cada página é que o comportamento do usuário será observado. A partir daí as estratégias de marketing digital podem ser testadas de forma mais objetiva, sabendo onde direcionar recursos.

Limitações do Google Analytics WordPress

É importante saber que em alguns casos, o Google Analytics WordPress pode apresentar algumas limitações. Normalmente, esse tipo de problema acontece com sites muito grandes e com um fluxo de acessos muito alto.

 

Algumas das limitações incluem:

  • Atraso na atualização de dados

Existe um atraso de cerca de 12 horas desde a coleta das informações do site até elas serem processadas. Isso significa que você só poderá acessar os dados atualizados do site a cada 12 horas, em média, duas vezes ao dia.

 

Para a maioria das empresas esse não é um problema, exceto para marcas com grandes campanhas de vendas, por exemplo. Pois, nessas situações pode ser interessante acompanhar os números em tempo real para saber o desempenho da campanha.

  • Limite de hits

No Google Analytics WordPress também existe um limite de 10 milhões de hits por mês. O número inclui todos os tipos de interações, como exibições de tela e página. Quando o site ultrapassa esse limite, os hits excedentes não são mais contabilizados pela ferramenta.

  • Limite de amostragem

Da mesma forma, se os hits não são contabilizados, os relatórios também não são atualizados. Ou seja, quando o site atinge os 10 milhões de hits no mês, não é mais possível saber seu desempenho após essa marca. 

Google Analytics WordPress versão paga

Apesar da versão gratuita do Google Analytics WordPress ser bem completa, a ferramenta tem ainda uma opção paga. Chamada de Google Analytics 360, a versão supera o limite de hits de 10 milhões da alternativa gratuita, podendo chegar a 5 bilhões de hits.

 

Além disso, o Google Analytics 360 permite criar e acompanhar até 200 métricas personalizadas para o seu site. Também há possibilidade de integração entre relatórios de outras ferramentas de Marketing do Google, como do Google Ads.

 

O recurso pago possui ainda outros benefícios, como redução no atraso da coleta e tratamento e exportação dos dados. São diversas vantagens para quem precisa lidar com um tráfego e volume de dados muito altos.

Preço do Google Analytics 360

O Google Analytics 360 não tem exatamente um preço fixo, mas uma tabela que varia conforme a demanda do site. Assim, o valor é relativamente proporcional a quantidade de hits que o site obtém por mês.

 

Para um site com até 500 milhões de hits no mês, a assinatura da ferramenta vai custar R$ 21 mil. Já para um site com até 1 bilhão de hits mensais, o preço vai para R$ 28 mil. Sites com até 2 bilhões de hits por mês pagam R$ 40 mil, e até 5 bilhões de hits mensais o valor é de R$ 80 mil.

 

Contudo, mesmo com todas as vantagens extras, o Google Analytics 360 não é uma necessidade para a maioria dos sites. Principalmente para quem está começando no ambiente digital, a versão gratuita atende bem às demandas e oferece resultados bastantes satisfatórios.

Como instalar e configurar o Google Analytics WordPress?

 

Google Analytics para wordpress

Depois de conhecer as principais funções do Google Analytics WordPress e sua importância para o marketing digital, aprenda a instalá-lo. Você precisará criar uma conta no site do Google Analytics e depois integrar a ferramenta ao seu site.

 

Nesta segunda etapa, um processo bem simples e prático para realizar a integração é utilizar o plugin do MonsterInsights. Ele é gratuito e pode ser procurado diretamente na aba de plugins do WordPress, após logar no seu site.

 

Encontrando o MonsterInsights, clique para instalar e em seguida para ativar. Então, o plugin abrirá automaticamente uma janela na qual você poderá escolher o tipo do seu site: website, blog ou ecommerce. Basta selecionar e salvar.

 

Em seguida, o próprio plugin vai mostrar o botão de integração ao Google Analytics. O botão redireciona para logar com a sua conta Google, que neste caso será a mesma ligada ao Analytics. Com a conta correta escolhida, clique em permitir.

 

Para finalizar, na página seguinte coloque o domínio do seu site e complete a conexão.

Configurando o plugin

Após finalizar a integração, por exemplo, o MonsterInsights abrirá automaticamente em uma página com configurações padronizadas. Essas configurações são sobre downloads de arquivos, rastreamento de links, entre outros, porém não é necessário fazer alterações.

 

Nas páginas seguintes o MonsterInsights vai oferecer mais alguns serviços adicionais, como upgrades pagos e outros plugins. Essas etapas são opcionais, não interferem no uso do Google Analytics WordPress e podem ser puladas sem problemas.

 

Uma das principais vantagens tanto do Google Analytics WordPress quanto do MonsterInsights é a configuração simples e prática. Isso facilita demais os processo para quem não tem domínio desse tipo de ferramenta.

 

Portanto, utilizando essa dupla você tem acesso as principais métricas sem precisar ser expert em softwares ou ferramentas de marketing. O próprio plugin, inclusive, oferece alguns relatórios do Analytics dentro da sua aba no WordPress.

Por que ter o Google Analytics WordPress?

Cada site pode precisar avaliar diferentes métricas, conforme o seu objetivo. Para uma agência de marketing, por exemplo, é interessante saber se os usuários estão acessando a página de serviços. Não basta apenas acessar a home page e sair do site.

 

Todas essas informações podem ser conferidas gratuitamente pelo Google Analytics WordPress e garantir o melhor uso possível dos recursos e estratégias de marketing. Por isso, vale investir seu tempo para entender melhor como a ferramenta funciona.

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

eighteen − 2 =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos