Como fazer a gestão financeira adequada para seu negócio?

Neste conteúdo você vai saber sobre

UMA gestão financeira é uma das responsabilidades mais importantes dos proprietários e gestores de empresas. Eles devem considerar as consequências potenciais de suas decisões de gestão sobre os lucros, fluxo de caixa e sobre a condição financeira da empresa.

Uma consultoria tributária pode ajudar uma empresa a realizar essas atividades. Ela pode avaliar e controlar, em conjunto com o proprietário da empresa, o seu desempenho financeiro.

Objetivos da gestão financeira

A gestão financeira é um dos aspectos mais importantes dentro de um negócio. Para realizar a administração de um caso de negócios de sucesso, será necessário profundos conhecimentos sobre o que é a gestão financeira.

Ela é o planejamento estratégico, organização, direção e controle de empreendimentos financeiros em uma organização ou instituto.

O objetivo também abrange a operacionalização dos ativos financeiros de uma organização, ao mesmo tempo em que desempenha um papel importante na gestão fiscal, como:

Redação Outro Dia Newso seu Site de Notícias com Dicas e informações do cotidiano na palma da sua mão. Portal completo e atualizado diariamente, acompanhe as nossas editorias.

  • Manutenção de suprimentos suficientes de fundos para a organização;
  • Criação de oportunidades de investimento reais e seguras;
  • Utilização eficiente dos fundos;
  • Garantir que os acionistas obtenham bons retornos sobre seus investimentos.

Em uma fábrica de máquinas empacotadoraspor exemplo, essas funções são, de praxe, realizadas pelo departamento de gestão financeira de qualquer empresa, que é gerido por um gestor financeiro.

Uma vez que o montante de capital foi estimado, uma estrutura de capital precisa ser formada. Isso envolve uma análise de endividamento tanto de curto, quanto de longo prazo.

A perspectiva da estrutura depende do montante de capital que a empresa possui e do montante que precisa ser captado por meio de fontes externas.

Toda organização ou empresa, como a de serviço de furo em concretoprecisa investir dinheiro para levantar mais capital e obter retornos regulares. Isso significa que o gestor financeiro precisa investir recursos em empreendimentos seguros e rentáveis.

Uma vez que a organização tenha um lucro líquido sólido, é dever do gestor financeiro alocá-lo com eficiência. Isso pode envolver manter uma parte do lucro líquido para fins de contingência, inovação ou expansão.

Esse dinheiro é necessário para diversos fins na empresa, como pagamento de salários e contas, manutenção de estoque, cumprimento de obrigações legais e compra de quaisquer materiais e/ou equipamentos.

Assim, o gestor financeiro não só precisa planejar, organizar e obter recursos, mas também controlar e analisar as finanças da empresa. Isso pode ser feito usando ferramentas como previsão financeira, análise de índices, gerenciamento de risco e controle de lucros e custos.

Ciclos de vida de um negócio

O proprietário de uma empresa de tratamento de pisopor exemplo, deve fazer projeções financeiras desses fluxos de caixa negativos para poder mensurar a quantidade de dinheiro, ou capital, demandada de modo a financiar o negócio até que ele se torne lucrativo.

À medida que essa empresa cresce e amadurece, ela precisará de mais caixa para financiar seu crescimento. São fundamentais, nessa fase de expansão, que sejam feitos um planejamento minucioso tanto do orçamento fiscal quanto da receita.

Cabe também nessa fase escolher se será necessária a execução de um financiamento junto a uma organização credora, como um banco, ou buscar dinheiro do caixa interno. Essa decisão cabe justamente aos gestores financeiros.

A gestão financeira, nesse sentido, serve para encontrar a fonte adequada de recursos ao menor custo, controlar o custo de capital da empresa e não deixar o balanço ficar muito alavancado com dívidas com efeito adverso de sua classificação de crédito.

Gestão financeira em operações normais

Em suas operações normais, uma empresa de manutenção elétrica predialpor exemplo, fornece um produto ou serviço, faz uma venda para seu cliente, recebe o dinheiro e inicia o processo novamente.

A gestão financeira dessa empresa está tratando com liquidez e eficiência ao longo do processo cíclico.

Isso significa gerenciar os índices de rotatividade dos estoques de matérias-primas e produtos acabados, vender aos clientes e cobrar os recebíveis em tempo hábil e recomeçar comprando mais matérias-primas.

Tudo isso deve ser feito com o dinheiro, e é preciso uma gestão financeira astuta para garantir que esses fundos fluam com eficiência.

As empresas, portanto, devem planejar ter liquidez suficiente para enfrentar essas crises econômicas. Caso contrário, podem precisar fechar suas portas por falta de dinheiro.

Relatórios de operações comerciais

Cada empresa é responsável por fornecer relatórios de suas operações. Os acionistas querem informações regulares sobre o retorno e a segurança de seus investimentos.

Os governos estaduais e locais precisam de relatórios para que possam coletar o imposto sobre vendas.

Assim, os gerentes financeiros de um fornecedor de cimento brancopor exemplo, precisam de outros tipos de relatórios, com indicadores-chave de desempenho, que medem as atividades de diferentes partes de seus negócios.

Além disso, um sistema abrangente de gestão financeira é capaz de produzir os vários tipos de relatórios necessários para todas essas diferentes entidades.

Declaração e pagamento de impostos

A gestão financeira é uma habilidade importante de todo pequeno empresário ou gerente.

Assim, cada decisão que um proprietário toma tem um impacto financeiro na empresa. Nesse sentido, elas devem ser tomadas considerando a situação e o contexto das operações da empresa.

O governo, por outro lado, está sempre por perto para cobrar impostos. Desse modo, a gestão financeira de uma empresa de aplicação de epóxi em parede deve planejar o pagamento de seus impostos em tempo hábil.

Por que a gestão financeira é importante?

Esta forma de gestão é importante por vários motivos, como:

  • Auxílio às organizações no planejamento financeiro e captação de recursos;
  • Ajuda na utilização e alocação de fundos recebidos ou adquiridos;
  • Apoio às organizações na tomada de decisões financeiras críticas;
  • Auxílio na melhoria da rentabilidade das organizações;
  • Aumento no valor global das organizações;
  • Proporcionamento de estabilidade econômica.

Uma gestão financeira eficaz é vital para a sobrevivência e o crescimento dos negócios.

Uma boa gestão financeira ajuda uma empresa a fazer uso eficaz dos recursos, cumprir os compromissos com seus partes interessadas (os acionistas), obter vantagem competitiva e se preparar para a estabilidade financeira de longo prazo.

Dessa maneira, ela deve se tornar parte dos principais processos dentro de seu negócio de varas de manobras elétricas e ser incluída em seu planejamento contínuo.

Confira as dicas a seguir que devem ajudá-lo a obter controle sobre as finanças.

Tenha um plano de negócios claro

Um plano de negócios estabelecerá onde você está e onde deseja chegar nos próximos anos. Ele deve detalhar como você financiará seu negócio e suas atividades, de que dinheiro você precisará e de onde ele virá.

Monitore sua posição financeira

Você deve monitorar regularmente o progresso do seu negócio. Diariamente você deve saber quanto dinheiro tem no banco, quantas vendas está fazendo e seus níveis de estoque.

Você também deve revisar sua posição em relação às metas definidas em seu plano de negócios mensalmente. Por esse motivo, consulte gerenciamento de fluxo de caixa.

Assegure o pagamento tempestivo

As empresas podem ter grandes problemas por causa dos pagamentos atrasados ​​dos clientes. De modo a diminuir o não cumprimento de prazos de pagamentos, ou até mesmo a sua realização de fato, será necessário planejamento e organização imediata.

As faturas emitidas deverão ser objetivas e claras. O uso de um sistema informatizado de gerenciamento de crédito ajudará você a acompanhar as contas dos clientes.

Conheça seus custos diários

Ainda que uma empresa tenha muito dinheiro em caixa e lucros correntes, ela deve garantir que tem o dinheiro suficiente para arcar com os custos diários, como salários e aluguel.

Você deve estar ciente do mínimo que seu negócio precisa para sobreviver e garantir que não fique abaixo disso.

Cumpra os prazos fiscais

O não cumprimento dos prazos de entrega de declarações e pagamentos de impostos pode incorrer em multas e juros.

Manter registros precisos economiza tempo e dinheiro da sua empresa e você pode ter certeza de que está pagando apenas o imposto que deve. Portanto, é importante que você cumpra suas obrigações.

Controle de estoque

Você deve implementar sistemas para acompanhar os níveis de estoque. Assumir o controle disso permitirá que você libere dinheiro, além de ter a quantidade certa de estoque disponível.

Obtenha o financiamento certo

Cada tipo de financiamento é projetado para atender a diferentes necessidades.

As empresas menores geralmente dependem mais de descontos comerciais e financiamento pessoal, mas esse pode não ser o melhor tipo de financiamento para sua empresa.

Enfrente os problemas quando eles surgirem

É sempre muito estressante enfrentar problemas financeiros como um negócio, mas há ajuda e conselhos disponíveis para ajudá-lo a enfrentá-los antes que seja demais para lidar, então procure aconselhamento profissional o mais rápido possível.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimentoonde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Source link

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 − 7 =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos