O Que É ClickBank E Quais Suas Vantagens?

Quer saber como funciona o Clickbank?

O ClickBank é uma empresa mundial de vendas de produtos online, conhecida como um dos marketplaces mais fortes da América do Norte. Mas não apenas isso, o site oferece também um poderoso recurso de marketing de afiliados.

Por isso, se você ainda não conhece essa rede varejista, preparamos um artigo completo com tudo que você precisa saber sobre o tópico para se beneficiar desta oportunidade.

Ouviu falar do ClickBank, mas não faz ideia do que é? Então deixo uma palhinha antes de começarmos pra valer:

Fundado em San Diego, na Califórnia, o ClickBank já possui mais de seis milhões de clientes espalhados pelo mundo. A marca fez o site entrar para o top 100 das maiores varejistas online da América do Norte.

Bora para o artigo!?

 

Como funciona o ClickBank?

É basicamente uma vitrine online de produtos digitais. Para usufruir dos serviços, os usuários devem criar uma conta no site, cadastrar os produtos que desejam vender e promovê-los utilizando um link, gerado pela plataforma.

O processo todo é bem fácil de realizar, dentro da própria plataforma e sem precisar pagar nada por isso. Portanto, sem desculpas para nem chegar a testar! A plataforma possui uso semelhante ao da Hotmart, empresa fundada em 2011 e bem popular no Brasil – se você conhece a Hotmart, fica muito mais fácil entender como funciona o ClickBank.

Porém, a versão deste marketplace americano possui ainda mais possibilidades de venda e mais de 20 anos de mercado. Logo, é um nome bastante seguro para empreender em cima.

O site é uma excelente alternativa para quem busca por uma fonte de renda extra sem grandes investimentos. Para pessoas que não possuem produtos próprios, também é possível promover produtos de outros vendedores e ganhar uma comissão sobre as vendas.

Vale lembrar que o segredo das vendas nesta plataforma é justamente a promoção dos produtos: quanto mais você promover, mais ganha. Além disso, os próprios clientes poderão compartilhar seu link com amigos e aumentar o seu alcance entre o público de forma orgânica – sem ações de sua parte.

Isto é, você consegue promover um produto, seu ou de outra pessoa, sem precisar pagar por anúncios ou campanhas patrocinadas. Desse modo, o lucro das vendas se torna bastante atrativo, sendo, também, mais fácil de vender.

Mas, para isso, é importante conhecer as estratégias certas de marketing e vendas para o seu tipo de produto.

 

Como usar clickbank?

Que tipo de produto faz sucesso no ClickBank?

Embora qualquer item possa ser vendido no site, os infoprodutos possuem algumas vantagens em relação aos produtos físicos. Isso porque itens físicos costumam ter um custo maior de produção, de embalagem e de envio.

Além disso, a obtenção dos produtos físicos (fornecedores) e a entrega (frete), ficam por sua responsabilidade. Ou seja, você terá vários gastos a mais ao investir em produtos físicos, o que poderá reduzir seu número de vendas, aumentar custos de manutenção ou simplesmente tornar complexa demais a operação.

Por outro lado, os infoprodutos não exigem estas operações e o formato do item vendido é altamente compatível às vendas online. Infoprodutos podem estar no formato:

  • cursos online
  • apostilas digitais
  • conteúdo em vídeo
  • e-books
  • checklists
  • manuais e guias
  • artigos escritos
  • artes gráficas

Em geral, são produtos não tangíveis em formatos digitais, acessíveis por computadores e/ou celulares. Normalmente requerem algum conhecimento especializado em alguma área e estão focados em ensinar algum tópico de valor para seu público.

Assim, um caminho interessante para quem quer ganhar dinheiro na internet, mas não sabe por onde começar, é se cadastrando no Clickbank, pois os infoprodutos estão em alta por lá!

Por fim, se você ainda não possui infoprodutos criados, mas pretende trabalhar com eles em breve, comece a promover produtos, físicos ou digitais, de terceiros no ClickBank enquanto produz seu próprio material para listar na vitrine virtual. Assim, você pelo menos faz algum dinheiro mesmo não tendo um produto finalizado.

 

Para que público o ClickBank é ideal?

Por ser um varejista que possui clientes ao redor do mundo todo, é justo dizer que ele pode ser usado por qualquer público. Contudo, da mesma forma que os infoprodutos saem em vantagem, quem está familiarizado com o meio digital se adapta melhor. Pois, embora o uso da plataforma de venda seja super fácil, as estratégias para vender mais podem exigir outros conhecimentos adicionais.

Mas não se preocupe, ou muito menos desista da ideia de ganhar dinheiro online com este marketplace! Afinal, dá para aprender facilmente estas estratégias e aplicar em suas vendas.

Dentro do próprio site, é possível comprar cursos de marketing digital que ajudam os novos usuários a começar bem. Fora isso, diversos criadores de conteúdo disponibilizam dicas de vendas específicas para este marketplace gratuitamente em blogs e vídeos. Além de que, você também pode contar com o Cursana para continuar se desenvolvendo!

Dito isso, uma das primeiras estratégias de promoção de links que você pode utilizar é a impulsão de tráfego pago. O Google Ads e o Facebook Ads são algumas das opções mais usadas pelos usuários da plataforma. Por isso, é importante que você aprenda a usar os anúncios pagos e prepare algum orçamento, por menor que seja, para impulsionar as vendas inicialmente.

Além dessa alternativa, quem produz conteúdo em blog ou mídias sociais também pode divulgar facilmente os links. Com um bom engajamento do público é possível converter usuários em compradores, mesmo sem um perfil profissional. Tente interagir com seu público de sua maneira – engraçada, séria, inteligente… Você é quem decide.

Então, faça posts pertinentes, promovendo um produto que esteja a venda no ClickBank em formato de resenha. Dê sua opinião, fale como o produto mudou sua vida e incentive que seus seguidores comprem também.

Para que tudo dê certo, você deve ser verdadeiro em sua escolha de produtos, tentando promover somente aquilo que sabe que é de qualidade de verdade. Afinal, seus seguidores estarão depositando um voto de confiança em você caso venham a comprar o produto, e irão cobrar a qualidade promovida.

 

Como usar o ClickBank na prática?

Você deve estar se perguntando como fazer para ganhar dinheiro na prática, não é mesmo? Até aqui já citamos que é possível monetizar com a venda dos seus produtos ou com a promoção de produtos de terceiros. Pois bem, vamos explicar com mais detalhes como gerar renda com cada um desses recursos.

Antes de mais nada, é importante dizer que você não precisa escolher entre uma função ou outra. Dá para vender seus produtos e promover links de outros vendedores ao mesmo tempo.

Além de escolher produtos de terceiros que tenham qualidade, você deve escolher fornecedores confiáveis e de áreas de interesse do seu público. Assim, as chances de fechar vendas são bem maiores, e as de seu cliente enfrentar problemas na compra, bem menores.

 

3 1

Vendendo seu próprio produto

Após criar sua conta, você deverá se direcionar para a área do marketplace para, então, cadastrar produtos.

Por ser um site americano, a moeda utilizada pela plataforma é o dólar. Sendo assim, para criadores de conteúdo que desejam vender para fora, essa pode ser uma opção muito atrativa. Porém, para quem pretende vender em território brasileiro, isto complica um pouco, principalmente para produtos físicos, que tem que ser entregues em território nacional. Este é outro motivo pelo qual a venda de infoprodutos é mais eficiente nesta plataforma.

Em contraponto à dificuldade que pode ser usar o dólar como moeda, há a oportunidade de ganhar em dólar! Por esse motivo, milhares de produtores de conteúdo e lojas de operações internacionais buscam entender como o ClickBank funciona para aumentar suas vendas.

Se mesmo assim ainda quiser operar com a venda de produtos físicos, é importante destacar que a etapa de entrega dos produtos vendidos fica a cargo do vendedor. Isso significa que você deve planejar com antecedência toda a questão logística para que suas vendas sejam enviadas sem problemas. A preocupação é redobrada para vendedores que farão entregas internacionais.

 

Seja afiliado para realizar a venda de terceiros

Se você não possui nenhum item próprio para cadastrar, então pode pular esta etapa e procurar produtos para promover. Para isso, precisará navegar na página de mercado do ClickBank para encontrar itens de terceiros à venda. Essa etapa é essencial e deve ser feita com cautela, visto que a sua monetização depende do desempenho dos produtos promovidos.

Uma das principais observações a levar em conta nessa seleção é o nicho do seu conteúdo. Afinal, não adianta promover links de tecnologia, por exemplo, se o seu público consome apenas conteúdo de beleza. Você precisa falar a língua do seu público.

Outro fator que merece atenção diz respeito à popularidade do produto. A concorrência aqui não importa muito caso você venha a utilizar suas redes para promover o produto. Porém, se você for depender dos anúncios pagos, aí a popularidade do produto tem muito peso, pois quanto maior a concorrência, mais caro será o custo por anúncio.

Por fim, o que muito interessa ao vendedor, mas que pouco afeta nos resultados das vendas, é a comissão por item vendido. Esse assunto será abordado no próximo tópico, logo abaixo.

 

clickbank comissao?

Como funciona a comissão por venda no ClickBank?

Em uma loja física, cada funcionário recebe uma comissão por cada venda que gera. No meio digital, trabalhar assim também é possível. O nome de uma das principais estratégias que promovem este sistema é “marketing de afiliados”.

Nele, ao invés de realizar o atendimento ao cliente, o vendedor substitui a comunicação e a abordagem pelo link compartilhado; assim, a pessoa no papel de vendedor atua como afiliado, promovendo produtos de terceiros.

Para facilitar o trabalho dos afiliados, a própria lista de produtos do ClickBank já destaca a comissão de cada item. Dessa forma, o vendedor pode escolher aqueles que irão oferecer um retorno mais vantajoso em relação ao seu investimento.

Ao analisar as comissões, você pode chegar ao cálculo de relação retorno-investimento, que atribuímos a sigla “ROI”. Mantenha esta métrica em mente para escolher os melhores produtos.

Apesar da comissão ser tentadora, não se esqueça de que produtos com maior margem de lucro podem ser mais caros para os clientes, e, logo, ter baixa procura e acabarem não vendendo tanto.

Após começar a gerar vendas, ao acumular 100 dólares na sua conta, já é possível solicitar a transferência por cheque ou boleto para uma conta própria. Por se tratar de pagamentos internacionais, ter uma conta PayPal é uma ótima pedida.

 

Como escolher os produtos certos?

Já demos várias dicas de tipos de produtos que funcionam melhor para vender neste marketplace, como os infoprodutos, por exemplo. Há outras possibilidades, mas a principal preocupação deve ser em acerta na escolha de produtos promovidos em relação ao interesse dos seus clientes/público.

Portanto, para escolher o melhor produto, o primeiro passo é conhecer quem te acompanha e o melhor nicho para lidar. Tendo isto bem definido, você poderá fazer uma busca mais aprofundada nos itens do Clickbank, identificando produtos fortes que interessam seus clientes.

Busque também por preços mais em conta, fornecedores com boa credibilidade e, claro, produtos de qualidade. Afinal, a ideia é que seus clientes se fidelizem aos seus links e ainda compartilhem com amigos.

Por isso, ao promover o link, é importante ter transparência quanto ao item oferecido. Sem pegadinhas, propagandas enganosas ou qualquer tipo de informação duvidosa sobre o produto que faça o cliente se sentir lesado.

Além disso, é crucial que você recomende apenas produtos que tenham um bom desempenho de vendas dentro do site.

Cada produto apresenta um termômetro de vendas, mostrando exatamente a intensidade da procura dos clientes por aquele item. Com essa informação é possível identificar quais são os interesses do público geral naquele momento. Produtos com um termômetro baixo têm menos chances de serem vendidos, na teoria, enquanto o termômetro alto revela uma tendência no mercado. Porém, você é o intermediador entre a qualidade do produto e o interesse do seu público. Avalie se o investimento vale a pena.

 

Como atrair o interesse do público?

Esta etapa é importante porque a maioria dos usuários na internet nem sempre está disposta a fazer compras em qualquer site, então a captação ativa e os anúncios podem não render o número de vendas desejado.

Por isso, outra estratégia que você deve implementar é visar impressões passivas – sem que haja uma ação direta da sua parte para que o cliente acesse a página de um produto seu.

Para isso, uma estratégia bastante utilizada que gera impressões orgânicas são os reviews de produtos. Isto é, em seu blog, canal de YouTube e/ou redes sociais, você deve apresentar um produto mostrando pontos positivos e negativos. Esse material, normalmente, é destinado para pessoas que já estão decididas a comprar, mas ainda avaliam marcas e modelos para decidir qual comprar. 

Assim, só clicará em suas reviews aqueles que têm altas chances de comprar de você, tendo real interesse em seus produtos. Além da taxa de conversão destes clientes ser alta, eles geram praticamente 0 custos e 0 tempo de manutenção/atendimento. Eles irão acessar seu link afiliado e comprar se gostarem do seu conteúdo.

Anúncios pagos e impulsão de publicações também são estratégias válidas para atrair usuários. Na maioria das vezes, o valor pago por esse serviço é quase irrisório, principalmente quando se considera o alcance da publicação. Assim, cabe a você planejar bem seus anúncios para que o alcance seja convertido em vendas.

Para atrair o público em fases iniciais do funil de vendas, o ideal são materiais mais genéricos. Esse tipo de conteúdo serve para chamar a atenção dos usuários e ativar gatilhos mentais de necessidade em relação a um certo item. Conteúdo relevante e entretenimento de qualidade são algumas das técnicas de marketing usadas nessa fase.

 

Tem como ser afiliado ao ClickBank?

Apenas de criar uma conta, você já está afiliado e pode vender os produtos da plataforma.

Depois de criar sua conta no site, é só escolher os produtos que você deseja promover e listá-los. Feito isso, você já terá o seu link para começar a divulgar e arrecadar comissões sobre as vendas e cliques. Nenhuma taxa necessária ou dado pessoal adicional; se você tem sua conta, já pode vender.

Nem terá, também, que instalar um software no seu PC. Todas as funções serão desempenhadas diretamente no site pelo navegador web. Porém, você precisará de outros recursos conforme a estratégia adotada para vender, como landing pages ou e-mail marketing. Contudo, essa etapa já não depende diretamente do ClickBank e deverá ser um investimento à parte do vendedor.

Por ser uma plataforma americana, a maioria dos produtos comercializados são estrangeiros; contudo, isso não é nenhum impedimento para afiliados do Brasil. O que conta mesmo são as estratégias que você utiliza para promover seus links. Afinal, é possível vender tanto para compradores brasileiros quanto para usuários internacionais. Basta estar ciente do público-alvo e adotar as estratégias corretas.

Na verdade, é bem pelo contrário: essa característica pode ser uma vantagem para conquistar mais clientes, principalmente no Brasil, onde valorizamos muito os produtos importados. Para isso, você só deve aprender a usar todas as funções da plataforma e explorar mercados que tenham potenciais compradores em várias regiões do mundo – o Brasil incluso.

Porém, se seu interesse for vender o próprio ClickBank para outras pessoas, terá que entrar em contato com o suporte e fazer a solicitação manualmente.

 

Dá para ser afiliado sem saber inglês?

Tratando-se de um site norte-americano, obviamente o ClickBank é original em inglês. Porém, isso não significa que é obrigatório ser fluente no idioma para poder se afiliar e conseguir usar a plataforma satisfatoriamente.

Com um inglês básico e o auxílio de um tradutor dá para entender perfeitamente a maior parte do conteúdo da plataforma. Até mesmo, porque, dificilmente você precisará conversar com os outros usuários, senão por mensagens de texto e e-mails. Mesmo que estes passos sejam necessários, você pode focar as vendas no Brasil caso não esteja confiante em seu inglês.

Se você já arranha no inglês, além do óbvio Google Tradutor, você pode contar com a ajuda de dicionários como o Cambridge e ferramentas como o Grammarly para lhe ajudar a ter um desempenho melhor com o idioma mesmo sem dominá-lo.

Por fim, mesmo que seu inglês não seja zerado, não deixe de aperfeiçoá-lo. Compre cursos dentro do próprio site como uma forma de investimento no seu trabalho e garanta que você estará indo atrás de todas as oportunidades possíveis para que seu negócio dê certo. Assim você conseguirá aproveitar em primeira mão os materiais originais do site e aplicar estratégias novas em seu próprio negócio antes de qualquer outro brasileiro.

 

Como usar clickbank sem ingles

Compensa mesmo ser afiliado em site internacional?

Tendo em vista que no Brasil existe um recurso similar ao ClickBank (a Hotmart), é comum surgir a dúvida se vale a pena se afiliar ao site gringo. E a resposta, sem rodeios, é “sim, vale muito a pena”, desde que você saiba utilizá-lo de maneira produtiva.

Afinal, a possibilidade de negócios com esse marketplace é infinita e a empresa vem se consolidando cada vez mais globalmente. Um produto que tem alcance global pode incomparavelmente mais lucrativo do que um produto para um público nacional.

Sabendo disso, não é interessante deixar de usar a plataforma somente porque ela é estrangeira e tem conteúdos em inglês. O mercado exterior oferece muito mais benefícios para os afiliados, sendo possível lucrar muito mais do que em plataformas que atuam com o real, por exemplo.

Usar o ClickBank também não impede o usuário de aderir a outros marketplaces, como a própria Hotmart, desde que você não coloque links para concorrer entre si, o que dividiria o alcance e consequentemente as comissões. Você precisará dividir os seus esforços entre as duas plataformas, mas poderá lucrar duplamente.

6 1

Precisa pagar alguma taxa para usar o ClickBank?

Para usar, não! O ClickBank é um site gratuito e não cobra nenhuma taxa de mensalidades, anuidades ou cobranças por produtos lançados para venda e promoção.

As únicas cobranças realizadas por este marketplace é na hora de resgatar seu pagamento em cheque ou boleto bancário e na taxa de comissão. É destas partes que eles tiram o lucro.

A cada resgate é descontada uma taxa de U$2,50. Como a taxa é cobrada em dólar, o valor convertido varia conforme a cotação do dia. É muito importante não esquecer essa variação da moeda para não perder o controle sobre suas contas. Já que, do mesmo modo que os lucros em dólar são maiores, qualquer taxa paga também será acentuadamente maior.

Já sobre a taxa de comissão, a cada produto vendido, o ClickBank mantém 7.5% + $1,00 do valor do produto. Ou seja, seu lucro ao vender um produto próprio é de 92,5% – $1,00. Novamente, tudo em dólar.

Isto posto, o recomendado é acumular o máximo possível de comissões para resgatá-las de uma vez. Assim você pagará a taxa apenas uma vez para ter acesso aos seus rendimentos. Uma boa sacada é se planejar para fazer o saque uma ou duas vezes por mês e trabalhar com metas mínimas diárias para garantir alguma estabilidade na plataforma.

 

Conclusão

Com a leitura deste guia deu para entender bem como funciona o ClickBank, não é mesmo?

Agora você já sabe como se cadastrar no site, usar os principais recursos que ele oferece e começar a ganhar dinheiro na internet; tudo isso tendo um investimento mínimo — ou mesmo nulo — e aproveitando um dos maiores marketplaces do mundo.

Fica nossa recomendação de leitura para quem está procurando maneiras de fazer uma renda extra também.

Esperamos ter te ajudado mais uma vez.

Boa sorte em sua jornada!

Amazon Coaching Grátis

Venda 25K Dólares com apenas um Produto no Amazon.

Artigos Relacionados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

14 − 1 =

- Ana Pereira -spot_img

Últimos Artigos

AllEscort